2
May
2011
0

V de vingança

V de vingança e P de polêmica

O filme V de vingança, baseado na graphic novel homônima dos anos 80 de Alan Moore, vem causando polêmica mundo afora, o que se deve ao fato de mostrar um terrorista como herói. O longa traz consigo uma abordagem interessante nesse quesito, pois mostra o protagonista V como um justiceiro guardião da liberdade, ao mesmo tempo em que questiona se violência deve ser solucionada com violência.

A história se passa em um futuro próximo, em uma Inglaterra comandada por um governo totalitário que suprimiu as liberdades individuais do cidadão, eliminou a cultura e controla a população através da mídia. Esse é outro motivo de polêmica. O filme põe o dedo na ferida da Igreja e de governos adeptos de atitudes antidemocráticas, além de abordar a passividade do povo perante situações absurdas e também a homofobia. O não envolvimento de Moore na versão cinematográfica, sob alegação de que seus trabalhos quando adaptados sempre são distorcidos, também chamou atenção. O autor não estava errado, pois V é originalmente anarquista, e não terrorista o que demonstra uma confusão quanto à essência do personagem.

A direção ficou a cargo do novato James McTeigue, assistente de direção dos irmãos Wachowski durante a trilogia Matrix, os quais agora assinam a produção. McTeigue seguiu a mesma fórmula do filme de 99: entretenimento inteligente, ou seja, boas cenas de ação, um pouco de romance, uma produção caprichada e um tema que dê margem para discussões, mesmo que muitas vezes essas questões sejam tratadas de forma superficial. Mas em V de vingança as cenas de ação carecem de adrenalina e originalidade. Além disso, há muitos diálogos que repetem idéias expostas anteriormente, o que em alguns momentos gera uma perda de agilidade na trama. Contudo, as atuações são excelentes. Destaque para Natalie Portman na pele da sofrida Evey. De modo geral, os pequenos deslizes são facilmente relevados perto da atualidade temática da obra. Uma boa mistura de diversão e reflexão.

Ficha Técnica

Direção: James McTeigue

Elenco: Hugo Weaving, Natalie Portman, John Hurt, Stephen Rea…

Gênero: Ação

Produção: EUA, Reino Unido e Alemanha

Duração: 132 min

Publicado originalmente em 01 de maio de 2006.

You may also like

A grande aposta
Reações facebookianas aos filmes do Oscar
O regresso
Apostas para o Festival do Rio 2014

Leave a Reply